10 benefícios de um piquenique

picnic-basket-A primavera é a época ideal para organizar atividades ao ar livre e, de norte a sul, da praia à montanha, Portugal oferece inúmeras possibilidades de locais ótimos para desfrutar de um fantástico e muito saudável piquenique. Entre outros, destacam-se os seguintes benefícios:

  1. Oportunidade para conhecer um local diferente;
  2. Divertir-se em família ou com amigos;
  3. Relaxar e meditar;
  4. Fugir da rotina;
  5. Promover o trabalho de equipa e a partilha;
  6. Contactar com a natureza;
  7. Melhorar a saúde física e psico-emocional;
  8. Fazer “ginástica” mental através de jogos tipo “sopa de letras”, “busca palavras” e puzzles;
  9. Aumentar a atividade física com passeios de bicicleta, jogos de bola, caminhadas, …
  10. Apanhar sol, fundamental para a metabolização da vitamina D que, além de contribuir para a homeostasia do cálcio, atua na prevenção de várias doenças como a osteoporose, o raquitismo, a depressão e alguns tipos de cancro como o da mama ou do cólon.

Em qualquer piquenique, o centro das atenções recai sobre a organização da refeição principal que, por norma, é um almoço que se prolonga até ao final da tarde. Convém escolher alimentos simples e frescos e lembrar-se que o mais importante é a diversão e o convívio que este tipo de atividade pode proporcionar.

Sugestões para o almoço e lanche:

  • Frango assado;
  • Salada de atum com grão-de-bico;
  • Empadas (com recheio simples em massa quebrada e sem molhos gordos);
  • Salada temperada com azeite e sumo de limão no momento de servir;
  • Wraps com vegetais e peito de frango ou filete de cavala;
  • Croquetes caseiros no forno;
  • Sanduíches de  pepino com queijo;
  • Palitos de cenoura e tiras de aipo;
  • Fruta fresca para comer à peça;
  • Queques de aveia e banana (receita no final do artigo);
  • Frutos secos tostados (sem sal/açúcar);
  • Azeitonas e tremoços;
  • Água fresca (suficiente para cobrir as necessidades do dia).

Por questões de saúde e/ou de segurança alimentar, evite:

  • Fritos;
  • Salgadinhos e folhados;
  • Molhos tipo maionese/natas;
  • Queijos frescos;
  • Alimentos com ovos crus ou mal cozinhados.

Notas adicionais:

  • Consulte o boletim meteorológico;
  • Transporte os alimentos em equipamento adequado (lancheiras isotérmicas e termoacumuladores de frio);
  • Pense no ambiente e use talheres e copos reutilizáveis;
  • Se for para a praia leve chapéu de sol e paravento;
  • Leve uma toalha ou manta grande para colocar no chão;
  • Proteja-se do sol com protetor solar e chapéu. Redobre os cuidados com as crianças;
  • Use roupa e sapatos confortáveis e leves. Um agasalho pode ser útil;
  • Leve um pequeno estojo de primeiros socorros que contenha soro fisiológico, desinfectante, pensos rápidos, tesoura e um anti-histamínico (picadas de insectos);
  • Não se esqueça de levar sacos para o lixo e de deixar o local limpo antes de ir embora;
  • Na primavera, locais com muitos pinheiros exigem cuidados redobrados com as crianças e os cães (alergias, lagarta do pinheiro, …).

Queques de aveia e banana (12 queques)

  • 3 bananas maduras;IMG_0383
  • 30 g de arandos secos;
  • 150 g de flocos de aveia;
  • 10 nozes ou avelãs grosseiramente partidas;
  • 6 tâmaras (aos pedaços) sem caroço e sem brilho (xarope de glucose)
  • 1 colher de sobremesa de canela;
  • 1 colher de sopa de mel ou 2 colheres de sopa de xarope de acer
  • 3 ovos inteiros batidos;
  • 1 colher de chá de fermento em pó.

Preparação: Pré-aqueça o forno a 180º C. Misture todos os ingredientes até obter uma massa grossa e encha as formas de queque. Leve ao forno cerca de 20 a 25 minutos. Deixe arrefecer e desenforme (duração 3 dias a temperatura ambiente/5 dias no frigorífico).

Melhor alimentação, mais saúde!

Por: Sofia A. Rodrigues, nutricionista

Créditos imagem “pi-nic basket” – http://thumbs.dreamstime.com

 

Deixar uma resposta