Nutrição: qual é o plano alimentar mais indicado para si?

É impossível generalizar uma dieta alimentar em pessoas diferentes!

nutriente-secretoA alimentação e a dietética têm sido usadas como recurso terapêutico desde a Antiguidade e há muito que sabemos que a alimentação desempenha um papel crucial na subsistência e propagação da espécie humana. Os diferentes padrões alimentares existentes no mundo têm sofrido profundas alterações nas últimas décadas, e as questões ligadas à alimentação ganharam uma enorme centralidade no quotidiano da vida atual.

A relação entre nutrição, alimentação e saúde é muito íntima e a ciência não se cansa de confirmar que uma dieta deficiente constitui um dos maiores fatores de risco para doenças relacionadas com a alimentação, sendo estas as principais responsáveis por mortes na União Europeia, nomeadamente as doenças coronárias, os cancros, a diabetes e os acidentes vasculares cerebrais.

Sendo a/o nutricionista o/a profissional legalmente habilitada/o para lidar e tratar das questões relacionadas com a nutrição e a alimentação, o seu papel é extremamente importante na vida das pessoas e das sociedades, já que a alimentação ideal deve ser adequada ao estado do indivíduo, sadio ou doente, de modo a fornecer ao organismo todos os nutrientes necessários para manter ou recuperar o seu estado nutricional. Além do papel funcional do alimento, a/o nutricionista sabe e considera que o alimento tem uma qualidade simbólica que deriva do facto da alimentação ser uma construção da identidade cultural e social que envolve emoção, memória e sentimentos.

Assim, a/o nutricionista avalia e define qual é o melhor plano de ação nutricional para o tratamento e prevenção de várias doenças, englobando uma série de protocolos e estratégias que promovem a melhoria da saúde nutricional e funcional dos seus clientes, atuando em várias áreas da saúde humana, nomeadamente no emagrecimento e controlo da obesidade, na nutrição e alimentação das crianças, no controlo de peso durante a gravidez, pós-parto e na menopausa, na reversão e prevenção de inúmeras doenças como as intestinais inflamatórias, gástricas, cardiovasculares, hormonais, metabólicas, oncológicas, renais, psico-emocionais, etc…

Considerando o que já foi mencionado, falta ressaltar que uma consulta de nutrição (dignanutriente secreto desse nome) requer tempo e disponibilidade para ser realizada. Obviamente que 15 a 20 minutos não chegam para fazer uma avaliação sistémica de cada caso, analisar um historial clínico e pessoal, e ainda definir as estratégias necessárias à realização dos objetivos definidos no plano de ação nutricional. É impossível generalizar uma dieta alimentar em pessoas diferentes, mesmo que apresentem a mesma doença e os mesmos sinais e/ou sintomas clínicos, devido aos inúmeros fatores existentes. Estes fatores relacionam-se com a existência ou não de outras patologias, com as preferências ou hábitos alimentares, com as condições sócioeconómicas, com as alterações endócrino-metabólicas específicas, com as deficiências e/ou o excesso de diferentes nutrientes no organismo humano, etc…

Assim sendo, quer o seu objetivo seja perder peso ou “ganhar mais saúde”, quer se trate da reversão/melhoria de uma condição patológica, procure sempre um/a nutricionista cujo o método de trabalho se centre na melhoria da saúde dos seus clientes. Neste sentido, considere o seguinte:

  • Procure um/a nutricionista legalmente habilitado/a para o exercício da profissão;
  • Se pretende emagrecer, fuja das “dietas da moda” – quanto mais dieta faz, mais engorda!;
  • Recuse dietas à base de substitutos de refeição – opção de curto prazo (vai andar a beber batidos o resto da vida?);
  • Valorize a sua saúde e evite “consultas a metro” – muita quantidade, pouca qualidade, baixo preço da consulta, gastos avultados em suplementos dietéticos;
  • Preocupe-se com a sua saúde e o seu peso durante o ano inteiro e não apenas no período pré-férias de verão;
  • Se tem uma doença, não espere que a sua situação piore. Atue atempadamente!;
  • Invista na prevenção, faça da alimentação uma prioridade no presente e preserve a sua saúde futura.

Siga o perfil de Instagram @Nutriente Secreto AQUI

por: Sofia Rodrigues, nutricionista (2071N)

 

 

Deixar uma resposta