Porque devo comer sopa?

sopaA sopa é um alimento único e de extrema importância que deve estar presente frequentemente na nossa alimentação. A quantidade de nutrientes que fornece, a par da variedade possível ao nível da confecção, fazem com que se justifique afirmar que, relativamente ao seu valor nutricional, “o todo é maior que a soma das suas partes” (Aristóteles, filósofo grego, 384 a.C.-322 a.C.). Continue reading

7 jantares que vai adorar!

Inúmeros processos biológicos exibem uma ciclicidade de cerca de 24 horas. Estes ciclos são chamados ritmos circadianos e são controlados pelo núcleo supraquiasmático, que ajusta o “relógio” interno de acordo com a informação recebida através dos olhos acerca da luz do meio. À medida que a luz ambiente vai diminuindo, aumenta a produção de melatonina, lentificando o metabolismo e diminuindo a temperatura corporal, preparando o corpo para o repouso. Esta redução da taxa metabólica faz com que o corpo esteja mal preparado para digerir grandes refeições à noite. O jantar deve ser, por isso, nutritivo e saciante mas leve e simples tal como as sugestões que se apresentam de seguida: Continue reading

Crocantes de Mandioca

A mandioca, também conhecida por aipim, é uma raiz muito usada na América do Sul para fazer farinha, principalmente tapioca e polvilho. É rica em amido, vitaminas do complexo B e minerais como cálcio, ferro e fósforo. O seu uso é semelhante ao da batata e pode ser consumida em estufados, assados, sopas,  purés ou sobremesas.

Os “Crocantes de mandioca no forno” podem ser uma excelente alternativa às tradicionais batatas fritas. Experimente esta receita: Continue reading

Será mesmo importante tomar o pequeno-almoço?

pACada pessoa é uma combinação única de factores biológicos e ambientais que determinam as suas necessidades nutricionais específicas. Assim sendo, a prática clínica da nutrição só faz sentido se personalizada e adaptada aos contextos de cada um. Contudo, existem sugestões universais que podem e devem ser aplicadas à generalidade das populações. Entre essas sugestões de aplicação geral, destaca-se a necessidade de se tomar o pequeno-almoço, por ser uma das refeições mais importantes do dia. O elevado número de crianças e adultos que, por razões como a falta de tempo ou apetite, iniciam as suas atividades quotidianas em jejum, justifica a pertinência de relembrar a importância da primeira refeição do dia. Continue reading

A moda da Tapioca

A tapioca está na moda! Se pensa que é só no mundo da roupa, dos acessórios e da maquilhagem que, semestralmente, as tendências mudam, engana-se! Também na alimentação há tendências que, sem se saber muito bem como,  aparecem de repente e se tornam muito trendy. Foi o que, nos últimos meses, aconteceu com a tapioca.

A tapioca é uma farinha refinada, de textura mais ou menos granulada, feita à base de fécula de mandioca. Tem a sua origem no nordeste brasileiro onde durante séculos foi a base da alimentação dos indígenas e mais tarde dos escravos, sendo um dos maiores símbolos gastronómicos da região. Continue reading

Mousse da Mestre Laranja

Descobrir e conquistar os 7 Reinos da Nutrição é o principal objetivo dos nossos heróis na aventura Nutri Ventures. Hoje apresentamos a Mestre Laranja que é a responsável pelas frutas. É a fundadora do Reino Laranja ou seja, o Reino Mágico das Frutas, uma terra encantada, inserida numa sofisticada floresta cheia de árvores de frutos, poções, oráculos e magia. Há milhares de poderes nas frutas e é por essa razão que o seu Nutri-Power é a Magia. As frutas são um excelente complemento às refeições e servem para quase tudo! A Mestre Laranja é muito vivaça, espirituosa e muito prestativa e passou por aqui para nos deixar uma receita de Mousse de Ananás deliciosa. Vamos experimentar? Continue reading

Sabe o que é o “bliss point”?

chipsApetece-me tanto umas batatas fritas…mas é melhor não. Se abrir o pacote como-as todas e depois vou ficar aborrecida…ok, abro o pacote mas vou comer só 10, nem mais uma! …eu já sabia, não tenho força de vontade nenhuma, eu já sabia que se abrisse o pacote, as batatas iam todas.

Acredito que, se pudessem, todas as pessoas fariam uma alimentação mais saudável. Apesar disso, parece que a força de vontade lhes falta quando olham para um pacote de batatas fritas ou um gelado. Muitas vezes, acompanhando o prazer de saborear o alimento desejado vem um sentimento de fraqueza e derrota. Mas, se queremos tanto fazer uma alimentação mais saudável, se sabemos, em parte, o que devemos ou não comer, porque é que é tão difícil? Será apenas falta de força de vontade? Seremos mais fracos do que os outros que conseguem resistir a esse tipo de apelo? Seremos mais gulosos? Continue reading