Massa com vegetais crocantes e pesto de amêndoa

massa com vegetais e pesto amêndoa nutriente secreto

As massas alimentícias são ricas em hidratos de carbono, fibras alimentares, vitaminas do complexo B e minerais como o potássio, fósforo e o magnésio. Os hidratos de carbono presentes nas massas (ex.: amido) fornecem energia às células que serve de motor para o funcionamento de todos os sistemas orgânicos. O consumo de massa, nas doses adequadas, contribui para a estabilidade do nível de açúcar no sangue (glicemia) o que diminui o apetite e favorece o bom humor e o bem estar ao longo do dia.

Atualmente, existem mais de 600 formatos diferentes de massas secas, o que permite ao consumidor escolher a que melhor se adapta ao seu gosto pessoal.  Sempre que possível, opte por consumir massas integrais: são nutricionalmente mais ricas, favorecem o trânsito intestinal, atuam na prevenção do cancro do cólon, aumentam a saciedade e ajudam a reduzir o LDL-colesterol.

Massa com vegetais crocantes e pesto de amêndoa

Ingredientes (4 a 6 pax):

  • 350 g de massa integral (tipo macarrão)
  • 1 curgete laminada
  • 150 g de ervilhas congeladas
  • 200 g de brócolos partidos em pequenos ramos
  • 150 g de amêndoas (torradas/sem pele)
  • azeite q.b.
  • 2 dentes de alho
  • 1 ramo grande de manjericão fresco

Preparação: Coza a massa de acordo com as instruções do fabricante. Antes de escorrer a massa, retire 150 ml da água da cozedura e reserve. Depois de escorrer a massa, passe-a por água fria e reserve. Numa frigideira ou wok, coloque 2 colheres de sopa de azeite e deixe aquecer bem. Salteie os vegetais  previamente lavados e cortados (brócolos, ervilhas e curgete) durante 10 minutos, mexendo sempre para não queimarem. Tempere com sal marinho, retire do lume e acrescente a massa previamente cozida aos vegetais salteados.

Pesto de Amêndoas: com a ajuda de um robot de cozinha ou varinha mágica, junte as amêndoas, os alhos, as folhas de manjericão e uma colher de café de sal marinho. Triture durante 2 minutos. Adicione o 100 ml de azeite e volte a triturar mais 2 minutos. Acrescente a água da cozedura da massa e mexa bem. Sirva a massa com o pesto.

Por: Sofia A. Rodrigues, nutricionista

 

7 passos para montar a salada ideal

salada ideal

Optar por uma salada ao almoço ou ao jantar pode ser uma excelente alternativa para quem gosta de fazer uma alimentação equilibrada ou para quem quer perder peso. Têm a enorme vantagem de poderem ser montadas de acordo com o gosto e a imaginação de cada pessoa, podendo ser adaptadas às diferentes épocas do ano: mais frescas e leves no verão, mais saciantes e estruturadas no inverno.

Continue reading

Comer na hora certa!

FullSizeRender-3Tenho sempre imenso apetite mas muitas vezes não sei se é fome ou vontade de comer” – quem não se revê neste pensamento? Ou quem já não sentiu o mesmo?

Aprender a comer no tempo certo é meio caminho andado para uma gestão eficaz do peso e da saúde. Saber ler os sinais da fome nas entrelinhas do metabolismo e das emoções ajuda a perceber quando devemos comer e quando devemos parar de o fazer. Quantas vezes comemos porque nos sentimos tristes, irritados ou ansiosos? Usar a comida como forma de compensação é um tipo de comportamento que provoca, na grande maioria das situações, o aumento do peso corporal a par do sentimento de culpa e de frustração. Continue reading

Quiabos

O quiabo é um fruto de origem africana, muito saboroso e versátil e à semelhança do tomate pode ser consumido de várias maneiras como, por exemplo, cru, estufado, cozido, assado, grelhado, etc.. É de fácil digestão, pobre em calorias e muito rico em água, fibras, cálcio e vitaminas A, C e B1. Continue reading

Batido de ananás e ameixa

Para começar bem este domingo cheio de sol 🙂

 

Batido de ananás e ameixa (2 doses):

1 fatia de abacaxi/ananás
1 kiwi
5 ameixas secas sem caroço
5 nozes
1 colher de sopa de sementes de chia
300 ml de leite ou outra bebida vegetal a gosto (fresco)

Triture tudo e beba de imediato.

Por: Sofia A. Rodrigues, nutricionista

Batido “Kiwi e Fibra”

Os kiwis são frutos extremamente saborosos com diversas propriedades nutricionais e medicinais. São ricos em água e fibras o que contribui para uma boa digestão e melhoria do trânsito intestinal. O seu consumo regular melhora o sistema imunitário, retarda o envelhecimento, equilibra o sistema nervoso e reduz a pressão arterial. Tudo isto graças ao seu conteúdo em vitaminas C (o dobro da laranja), E e grupo B (principalmente ácido fólico), potássio, magnésio, fósforo, ferro e ácido propeolítico. Continue reading