10 plantas que emagrecem!

plantas-emagrecemO uso de plantas e especiarias para fins terapêuticos tem acompanhado a humanidade ao longo de toda a sua história. Estas espécies vegetais têm na sua estrutura alguns componentes úteis que são usados para diversos fins como a cosmética, a medicina ou a culinária. O uso destas plantas e especiarias, no todo ou em partes, é generalizado em praticamente todo o mundo, variando a sua aplicação de acordo com a tradição de alguns povos e diferentes regiões do globo. O seu uso desenvolveu-se para potenciar a capacidade do organismo para se defender contra o ataque de “estranhos” como, por exemplo, insetos ou fungos. A utilização segura destas substâncias depende de diversos factores como o conhecimento profundo da espécie vegetal a usar, a sua eficácia, a dose recomendada, as interações com outras plantas/medicamentos/alimentos, o estado de saúde do tomador, os objetivos terapêuticos, etc… Continue reading

Pré-treino: o snack perfeito

Existem muitos motivos para fazer da alimentação um hábito de vida saudável e, normalmente, a vontade de perder peso, uma doença ou o desejo de investir no bem estar e na saúde são gatilhos que podem conduzir a uma mudança significativa. Quem investe em alimentação saudável e equilibrada, investe em saúde (na sua e, pelo exemplo, na dos que a rodeiam). Estas pessoas que têm a coragem de fugir da norma alimentar instituída, que se recusam a ser manipuladas pelo marketing da indústria, que buscam alternativas aos produtos industrializados, que pretendem ter um peso adequado, que desejam alimentar-se de forma mais “limpa” e mais natural, sem toneladas de aditivos, açúcares, gorduras e afins, quando vão à minha consulta de nutrição e dietética partilham a mesma dificuldade – o que comer fora das refeições principais? E quando vou ao ginásio, o que posso comer antes e depois do exercício físico? Continue reading

Porque devo comer sopa?

sopaA sopa é um alimento único e de extrema importância que deve estar presente frequentemente na nossa alimentação. A quantidade de nutrientes que fornece, a par da variedade possível ao nível da confecção, fazem com que se justifique afirmar que, relativamente ao seu valor nutricional, “o todo é maior que a soma das suas partes” (Aristóteles, filósofo grego, 384 a.C.-322 a.C.). Continue reading

Diabetes Mellitus tipo 2, aposte na prevenção!

A Diabetes mellitus tipo 2 é uma doença crónica que pode surgir devido a uma produção insuficiente de insulina por parte do pâncreas ou uma incapacidade do organismo em usar a insulina disponível, ou seja, resistência à insulina. A consequência imediata desta doença é uma alteração do metabolismo dos hidratos de carbono, o que vai dificultar o controlo da glicemia que tende a atingir valores superiores aos normais (hiperglicemia). Elevados níveis de açúcar no sangue (hiperglicemia) favorecem a inflamação e corrosão dos tecidos, provocando danos graves em órgãos, vasos sanguíneos e nervos.

Continue reading

7 passos para montar a salada ideal

salada ideal

Optar por uma salada ao almoço ou ao jantar pode ser uma excelente alternativa para quem gosta de fazer uma alimentação equilibrada ou para quem quer perder peso. Têm a enorme vantagem de poderem ser montadas de acordo com o gosto e a imaginação de cada pessoa, podendo ser adaptadas às diferentes épocas do ano: mais frescas e leves no verão, mais saciantes e estruturadas no inverno.

Continue reading

Crocantes de Mandioca

A mandioca, também conhecida por aipim, é uma raiz muito usada na América do Sul para fazer farinha, principalmente tapioca e polvilho. É rica em amido, vitaminas do complexo B e minerais como cálcio, ferro e fósforo. O seu uso é semelhante ao da batata e pode ser consumida em estufados, assados, sopas,  purés ou sobremesas.

Os “Crocantes de mandioca no forno” podem ser uma excelente alternativa às tradicionais batatas fritas. Experimente esta receita: Continue reading

Será mesmo importante tomar o pequeno-almoço?

pACada pessoa é uma combinação única de factores biológicos e ambientais que determinam as suas necessidades nutricionais específicas. Assim sendo, a prática clínica da nutrição só faz sentido se personalizada e adaptada aos contextos de cada um. Contudo, existem sugestões universais que podem e devem ser aplicadas à generalidade das populações. Entre essas sugestões de aplicação geral, destaca-se a necessidade de se tomar o pequeno-almoço, por ser uma das refeições mais importantes do dia. O elevado número de crianças e adultos que, por razões como a falta de tempo ou apetite, iniciam as suas atividades quotidianas em jejum, justifica a pertinência de relembrar a importância da primeira refeição do dia. Continue reading