Dieta vegetariana, sim ou não?

7 motivos para mudar já! 

fritata-vegetaisUm padrão alimentar saudável é aquele que promove a saúde global: previne doenças e potencia o bem estar geral nos níveis físico, psíquico e intelectual em crianças, adolescentes e adultos. Neste sentido, tem de ser completo, variado e equilibrado. A alimentação, vegetariana ou não, deve ser ajustada individualmente porque, como é sabido, as necessidades energéticas diferem e dependem de fatores como a estação do ano, a região do planeta/país, a idade, o metabolismo, a individualidade bioquímica, o sexo, o peso, a altura, a condição física, a atividade diária, o estado de saúde/doença, etc…

De acordo com a Organização Mundial de Saúde e outras instituições de caracter científico responsáveis pelas grandes linhas de orientação no campo da nutrição coletiva, a distribuição dos macronutrientes, relativamente às necessidades energéticas totais/diárias, deve ser feita do seguinte modo: a) hidratos de carbono: 50 a 70%; b) proteína: 12 a 20%; e c) lípidos: 25 a 35%. Continue reading

6 sugestões vegetarianas

No seguimento da publicação anterior, deixo-vos algumas receitas que podem servir de inspiração para refeições sem carne nem peixe.

PUDIM DE LEGUMES E QUEIJO

Ingredientes (4 doses)

  • 1 ½ copo de leite de vaca ou bebida de soja/aveia/arroz
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo (integral);
  • 1 colher (sopa) de margarina;
  • 2 cenouras cozidas e picadas;
  • 1 pimento vermelho aos pedaços;
  • 2 brócolos cortados em pedaços pequenos;
  • 1 cebola picada;
  • 150 g de queijo mozzarella;
  • 1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado;
  • 3 ovos.

Continue reading