Alimentação e yoga moderno

O yoga é um estilo de vida saudável e único!

alimentação no yogaO yoga é um sistema global que integra valores éticos e morais cuja prática desenha uma rota para alcançar um objetivo, ou seja, o yoga é um meio para atingir um fim. Sendo  um Ensinamento assente numa Sabedoria milenar, o yoga oferece uma visão do mundo, um estilo de vida saudável e único onde cada praticante o vivencia de acordo com a sua própria experiência, persistência, personalidade, caráter, disciplina e vontade.

No ocidente, grande parte dos praticantes de yoga, não são vegetarianos tal como preconizado pelo sistema clássico do yoga hindu. Apesar disso, podem e devem aproveitar a filosofia yogica para enriquecer e melhorar os seus hábitos alimentares e, dessa forma, potenciar a sua performance durante a prática de posturas (asanas) e aumentar significativamente os seus níveis de saúde e bem estar. Continue reading

Trufas Energéticas (cruas, sem forno)

Prepare um lanche pré-treino delicioso em apenas 5 minutos

Estas trufas são ideais para quem precisa de energia antes de qualquer atividade física exigente!

Ingredientes:trufas

  • 50g de coco ralado
  • 1 colher de sopa de óleo de coco
  • 1 colher de sopa de geleia de arroz
  • 10 ameixas secas sem caroço
  • 200 g de amêndoas ou amendoins torrados no forno
  • 150g de flocos de centeio ou aveia integral
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 1 colher de café de gengibre em pó

Preparação: misture todos os ingredientes e triture-os. Molde pequenas bolas e sirva. Conservam-se frescas, em frasco hermético durante 3 dias (guarde no frigorífico)

por: Sofia A. Rodrigues, nutricionista

 

 

Dieta vegetariana, sim ou não?

7 motivos para mudar já! 

fritata-vegetaisUm padrão alimentar saudável é aquele que promove a saúde global: previne doenças e potencia o bem estar geral nos níveis físico, psíquico e intelectual em crianças, adolescentes e adultos. Neste sentido, tem de ser completo, variado e equilibrado. A alimentação, vegetariana ou não, deve ser ajustada individualmente porque, como é sabido, as necessidades energéticas diferem e dependem de fatores como a estação do ano, a região do planeta/país, a idade, o metabolismo, a individualidade bioquímica, o sexo, o peso, a altura, a condição física, a atividade diária, o estado de saúde/doença, etc…

De acordo com a Organização Mundial de Saúde e outras instituições de caracter científico responsáveis pelas grandes linhas de orientação no campo da nutrição coletiva, a distribuição dos macronutrientes, relativamente às necessidades energéticas totais/diárias, deve ser feita do seguinte modo: a) hidratos de carbono: 50 a 70%; b) proteína: 12 a 20%; e c) lípidos: 25 a 35%. Continue reading

Combater a celulite

celulite simples (lipodistrofia superficial ou ginóde) é uma das grandes preocupações estéticas femininas.  Caracteriza-se pela formação de depósitos (nódulos) de gordura subcutânea instalados no tecido conjuntivo fibroso. As zonas mais afetadas são, na maioria dos casos, o abdómen, os braços, as coxas e as nádegas que exibem uma ondulação marcada na pele, tipo a casca de uma laranja. A celulite atinge cerca de 90% das mulheres sendo, em alguns casos, independente do peso corporal: há imensas mulheres magras que têm celulite, assim como há muitas mulheres com sobrepeso que não a têm. O aparecimento da celulite deve-se a diversos factores, nomeadamente: a) genéticos (características fenotípicas); b) hormonais (estrogénios); e c) ambientais (alimentação e sedentarismo).  Além destes, as dietas de rápido emagrecimento, a pílula anticoncepcional, o tabaco e o stress, associados aos factores genéticos, contribuem sobremaneira para a instalação e agravamento da celulite. Continue reading